Anglesey - pt.LinkFang.org

Anglesey


 Nota: Para Para a paróquia de Staffordshire, veja Anglesey (Staffordshire). Para para a cidade australiana, veja Anglesea (Victoria).
Anglesey
Geografia
Área Total 714 km² (9.ª posição)
Sede Administrativa Llangefni
Maior Cidade Holyhead
ISO 3166-2 GB-AGY
Código ONS 00NA
Demografia
População Total[1]
(2007)
69 000 habitantes
(21.ª posição)
Densidade[1] 97 hab./km² (17.ª posição)
Grupos Étnicos Brancos (98,1%)
Falantes de galês 70,4% da poulação
(2ª posição)
Política
Nome do conselho Isle of Anglesey County Council
Site oficial http://www.anglesey.gov.uk/
Controle Nenhum controle majoritário
Membros no Parlamento Albert Owen
Membros na Assembléia Ieuan Wyn Jones
(Constituinte)
Gales do Norte
(Regional)
MPEs Gales

A Ilha de Anglesey (língua galesa: Ynys Môn, IPA[/ˌənɨs'mo:n/]), é uma ilha e uma Principal Area (região administrativa ou dirigente) na extremidade noroeste do País de Gales. Ela está separada da ilha da Grã-Bretanha por uma estreita extensão de água conhecida como estreito de Menai. Está ligada ao continente por duas pontes, a Ponte Suspensa Menai original (sobre a qual corre a estrada A5), construída por Thomas Telford em 1826 como ligação ferroviária, e a nova, Ponte Britannia, duas vezes reconstruída, sobre a qual passa a estrada A55 e a Ferrovia Costeira de Gales do Norte. O condado de Anglesey cobre uma quantidade de ilhas afora Anglesey propriamente dita, em particular a ilha Holy.

A ilha está classificada como Área de Destacada Beleza Natural.

Índice

História


Ver artigo principal: Conquista romana de Anglesey

Historicamente, Anglesey tem sido associada com os Druidas, cuja influência sobre a sociedade celta começou a incomodar os poderosos romanos (os quais chamavam a ilha de Mona). Por volta de 60, o governador Suetônio Paulino do Império Romano, determinado a quebrar o poder dos druidas (os "sonhadores" da época de Boadiceia), atacou a ilha e destruiu o santuário e os bosques sagrados. Novamente, em 77, sob o comando de Agrícola, a ilha foi novamente atacada. Depois dos romanos, a ilha foi também invadida pelos Viquingues, Saxões e Normandos antes de ser conquistada por Eduardo I da Inglaterra, no século XIII.

Môn é o nome galês para Anglesey. O nome inglês é uma forma corrompida do Norueguês antigo, significando Ilha de Ongull. Os nomes em Galês antigo eram Ynys Dywyll ("Ilha Escura") e Ynys y Cedairn (cedyrn ou kedyrn; "Ilha dos bravos"). Ela é a Mona de Tácito (Ann. xiv. 29, Agr. xiv. 18), Plínio, o Velho (iv. 16) e Dião Cássio (62). Ela é chamada Mam Cymru ("Mãe de Gales") por Giraldus Cambrensis. Clas Merddin e Y fêl Ynys ("Ilha do Mel") são seus outros nomes. De acordo com as Tríades (67), Anglesey foi outrora parte do continente, como prova a geologia. A ilha foi o principal centro dos Druidas, dos quais restam 28 cromlechs nas regiões elevadas, vigiando o mar (por exemplo, em Plâs Newydd). A estrada moderna que vai de Holyhead a Llanfairpwllgwyngyll era originalmente uma estrada romana. Acampamentos britânicos e romanos, moedas e ornamentos têm sido ali inumados e discutidos, particularmente pelo honorável William Owen Stanley de Penrhos. As fundações de Holyhead estão sobre a Caer Gybi romana.

No fim do período romano no século IV e no início do V piratas da Irlanda colonizaram Anglesey e a vizinha Península de Llŷn. Em resposta a isto, um líder guerreiro bretônico chamado Cunedda veio para a região e começou a expulsar os irlandeses. Este processo foi continuado por seu filho Einion ap Cunedda e seu neto Cadwallon Lawhir até que o último irlandês fosse derrotado em batalha no ano de 470. Como ilha, Môn possui uma boa posição defensiva e por isto foi escolhida como sede da corte de Llys, dos reis e príncipes de Venedócia em Aberffraw. À parte a devastação causada pela incursão dinamarquesa(Danos) em 853, a situação permaneceria inalterada até o século XIII, quando aperfeiçoamentos feitos na marinha inglesa tornaram sua posição indefensável.

Existem numerosos monumentos megalíticos e menires em Anglesey, testemunhando a presença pré-histórica de seres humanos na ilha.

Notas e referências


Bibliografia


Ligações externas


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anglesey









Categorias: Regiões Dirigentes do País de Gales | Ilhas de Gales | Condados históricos do País de Gales | Áreas de Destacada Beleza Natural do Reino Unido | Condados do País de Gales




Data da informação: 17.12.2020 03:31:39 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.