Arquipélago da Madeira


Arquipélago da Madeira

Carta do arquipélago da Madeira
Geografia física
País  Portugal
Localização Oceano Atlântico
Ponto culminante Pico Ruivo, 1862 m
Área 801  km²
Geografia humana
População 267 938 (2011)

O arquipélago da Madeira constitui um conjunto de ilhas de Portugal, situado no oceano Atlântico. É formado por um total de três ilhas e dois ilhéus, das quais as duas principais e duas secundárias as únicas habitadas a título permanente são as ilhas da Madeira e de Porto Santo, a Selvagem Grande e Selvagem Pequena. Política e administrativamente, o arquipélago constitui atualmente a Região Autónoma da Madeira. O Arquipélago tem como presidente do Governo Regional Miguel Albuquerque.[1]

Índice

Localização


O arquipélago da Madeira situa-se no oceano Atlântico entre 30° e 33° de latitude norte, a 978km a sudoeste de Lisboa e a cerca de 700 quilómetros da costa africana, quase à mesma latitude de Casablanca, relativamente perto do estreito de Gibraltar.[2][3] Apesar de ser considerado normalmente um território europeu, geograficamente o arquipélago situa-se já na plataforma continental de África. O seu vizinho marítimo mais próximo é o arquipélago espanhol das Canárias.

De origem vulcânica, é formado por: [2][3]

Das três ilhas, apenas as duas maiores (Madeira e Porto Santo) são habitadas, tendo, como principais acessos, o Aeroporto da Madeira no Funchal e o do Porto Santo.[2] Por via marítima, o Funchal possui um porto que recebe vários navios, principalmente cruzeiros; e as restantes ilhas são habitadas por vigilantes da natureza, biologos e polícia marítima que protegem estas reservas naturais.

Território e clima


O território do arquipélago contém duas ilhas principais: a ilha da Madeira e a ilha do Porto Santo; além destas, existem dois grupos de ilhas desabitadas, as ilhas Desertas e as Selvagens.

A ilha da Madeira possui uma orografia bastante acidentada, sendo os pontos mais altos o pico Ruivo (1862 m), Pico das Torres (1851 m) e o pico do Arieiro (1818 m). A costa norte é dominada por altas arribas e na parte ocidental da ilha surge uma região planáltica, o Paul da Serra (1300–1500 m).[3]

O relevo, bem como a exposição aos ventos predominantes, fazem com que na ilha existam diversos micro-climas o que, aliado ao exotismo da vegetação, constitui um importante factor de atracção para o turismo, principal actividade da região. A precipitação é mais elevada na costa norte do que na costa sul. Não existem grandes variações térmicas durante todo o ano mantendo-se o clima ameno.

A ilha do Porto Santo, por outro lado, tem uma constituição geomorfológica completamente diferente à da ilha da Madeira. Muito plana, apresenta um revestimento vegetal ralo com solos pobres pouco aptos para a agricultura. Possui uma praia de areia fina e dourada com 9 km de extensão de origem orgânica (calcário), ao contrário das praias de Portugal continental que são de origem siliciosa (inorgânica), e constitui uma estância de turismo cada vez mais explorada regional, nacional e internacionalmente. Esta ilha apresenta alguns picos, sobretudo a norte, sendo o Pico do Facho (517 m) o ponto de maior altitude.

Geomorfologia


O arquipélago da Madeira faz parte da Macaronésia e está situada na placa Africana. Localiza-se num extremo da cadeia montanhosa (submarina) Tore[desambiguação necessária], sentido NE/SO. Considera-se um ponto quente, daí a sua natureza vulcânica e a direção NE que o arquipélago desenha.

De maneira sumária, o arquipélago tem a sua génese durante a criação do Atlântico Norte, começando a desenvolver-se durante o período Cretácico, há aproximadamente 130 milhões de anos.

A ilha do Porto Santo foi a primeira a formar-se, há 19 milhões de anos, durante o Mioceno, emergindo 11 milhões de anos depois (há 8 milhões de anos). A mais recente é a ilha da Madeira, com a mesma data de formação, tendo emergido durante a transição do Mioceno para o Plioceno, há aproximadamente 5 milhões de anos, apresentando atualmente um relevo menos erosionado que as restantes ilhas.[3]

Desde a sua emersão até agora, podem salientar-se cinco fases relacionadas com o vulcanismo da sua formação, particularmente visíveis em diversos pontos da ilha da Madeira:

O constante vulcanismo, agregado à erosão e a movimentos tectónicos, moldaram as diferentes ilhas do arquipélago no que elas são hoje, dando-lhe a orientação que tem, coincidente com o movimento da placa africana.

Ver também


Ligações externas


O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Arquipélago da Madeira

Referências


  1. «Arquipélago da Madeira» . Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2021 
  2. a b c «Madeira, arquipélago e localização» . www.visitmadeira.pt. Consultado em 7 de outubro de 2021 
  3. a b c d «A MADEIRA» . Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza, IP-RAM. Consultado em 7 de outubro de 2021 









Categorias: Arquipélagos de Portugal | Arquipélagos do Oceano Atlântico




Data da informação: 26.11.2021 07:30:35 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.