Base Virtual Internacional de Autoridade


Virtual International Authority File

Screenshot 2012
Acrónimo VIAF
Introduzido 6 agosto 2003
Organização gestora OCLC
Sítio Web viaf.org

A Base de Autoridade Internacional Virtual (em inglês: Virtual International Authority File, VIAF) é um ficheiro de autoridade internacional. É um projeto conjunto de várias bibliotecas nacionais e operado pelo Online Computer Library Center (OCLC).[1]

Índice

História


A discussão sobre a existência de uma autoridade internacional comum começou no final do século 19. Depois de uma série de tentativas fracassadas de chegar a um arquivo de autoridade comum único, a nova ideia era vincular as autoridades nacionais existentes. Isso apresentaria todos os benefícios de um arquivo comum sem exigir um grande investimento de tempo e despesas no processo.[2]

O conceito VIAF foi apresentado no Congresso Mundial de Bibliotecas e Informações de 2003, organizado pela Federação Internacional de Associações de Bibliotecas.[3] O projeto foi iniciado pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos (LC), pela Biblioteca Nacional Alemã (DNB) e pela OCLC em 6 de agosto de 2003.[4][5] A Bibliothèque nationale de France (BnF) juntou-se ao projeto em 5 de outubro de 2007.

O projeto passou a ser um serviço da OCLC em 4 de abril de 2012.[6]

O objetivo é vincular os arquivos de autoridade nacional (como o Arquivo de Autoridade de Nomes Alemão) a um único arquivo de autoridade virtual. Nesse arquivo, registos idênticos de diferentes conjuntos de dados são vinculados. Um registo VIAF recebe um número de dados padrão, contém os registos primários "veja" e "veja também" dos registos originais e se refere aos registos de autoridade originais. Os dados são disponibilizados online e estão disponíveis para pesquisa e intercâmbio e compartilhamento de dados. A atualização recíproca usa o protocolo Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting (OAI-PMH).

Os números dos arquivos também estão sendo adicionados aos artigos biográficos da Wikipedia e são incorporados ao Wikidata.[7][8]

Christine L. Borgman agrupa o VIAF com o Identificador de Nomes Padrão Internacional e os sistemas ORCID, descrevendo todos os três como "esforços coordenados para padronizar as formas dos nomes".[9] Borgman caracteriza todos os três sistemas como tentativas de resolver o problema de desambiguação do nome do autor, que cresceu em escala conforme a quantidade de dados se multiplica. [9] Ela observa que o VIAF, ao contrário dos outros dois sistemas, é liderado por bibliotecas, ao contrário de autores ou criadores individuais. [9]

Agrupamentos VIAF


O algoritmo de agrupamento do VIAF é executado todos os meses. À medida que mais dados são adicionados das bibliotecas participantes, grupos de registos de autoridade podem se aglutinar ou se dividir, levando a alguma flutuação no identificador VIAF de certos registos de autoridade.[10]

Bibliotecas e organizações participantes


Nome da entrada Wikipédia em Português Identificador Nome do idioma nativo Local País
Bibliotheca Alexandrina EGAXA em árabe: مكتبة الإسكندرية Alexandria Egipto
Biblioteca Nacional de Chile BNCHL em castelhano: Biblioteca Nacional de Chile Santiago Chile
Biblioteca Nacional de España BNE em castelhano: Biblioteca Nacional de España Madrid Espanha
Biblioteca Nacional de Portugal PTBNP em português: Biblioteca Nacional de Portugal Lisboa Portugal
Bibliothèque et Archives nationales du Québec B2Q em francês: Bibliothèque et Archives nationales du Québec Quebec Canada
Bibliothèque nationale de France BnF em francês: Bibliothèque nationale de France Paris France
Bibliothèque Nationale du Royaume du Maroc (BNRM) MRBNR em árabe: المكتبة الوطنية للمملكة المغربية
em francês: Bibliothèque nationale du Royaume du Maroc
Rabat Morocco
Biografisch Portaal BPN em neerlandês: Biografisch Portaal Haia Holanda
Biblioteca Britânica Londres Inglaterra
Danish Agency for Culture and Palaces em dinamarquês: Kulturstyrelsen Copenhagen Denmark
Danish Bibliographic Centre DBC em dinamarquês: Dansk BiblioteksCenter Ballerup Dinamarca
Biblioteca Nacional da Alemanha (DNB) GND em alemão: Deutsche Nationalbibliothek Frankfurt Alemanha
International Standard Name Identifier[11] ISNI Londres Reino Unido
Museu de Israel em hebraico: מוזיאון ישראל Jerusalém Israel
Istituto Centrale per il Catalogo Unico ICCU
SBN
em italiano: Istituto Centrale per il Catalogo Unico Roma Itália
Lebanese National Library LNL em árabe: المكتبة الوطنية Beirut Líbano
Library and Archives Canada LAC em francês: Bibliothèque et Archives Canada Ottawa, Ontário Canadá
Library of Congress
NACO consortium (Name Authority Cooperative Program)[12]
LCCN Washington, D.C. Estados Unidos
National and University Library in Zagreb NSK em croata: Nacionalna i sveučilišna knjižnica u Zagrebu Zagreb Croácia
National and University Library of Slovenia em esloveno: Narodna in univerzitetna knjižnica Liubliana Eslovénia
National Central Library NCL
CYT
Taipé Taiwan
National Diet Library NDL em japonês: 国立国会図書館 Tóquio
Quioto
Japão
National Institute of Informatics NII
CiNii
em japonês: 国立情報学研究所 Tóquio Japão
National Library Board NLB Singapura
National Library of Australia NLA Camberra Austrália
Biblioteca Nacional do Brasil BLBNB em português: Biblioteca Nacional do Brasil Rio de Janeiro Brazil
National Library of Catalonia BNC em catalão: Biblioteca de Catalunya Barcelona Espanha
National Library of Estonia ERRR em estoniano: Eesti Rahvusraamatukogu Tallinn Estónia
National and University Library of Iceland (NULI) UIY em islandês: Háskólabókasafn Reiquiavique Islândia
National Library of Ireland N6I em irlandês: Leabharlann Náisiúnta na hÉireann Dublin Irlanda
National Library of Israel NLI em hebraico: הספרייה הלאומית Jerusalem Israel
Biblioteca Nacional da Coreia KRNLK em coreano: 국립중앙도서관 Seul Coreia do Sul
National Library of Latvia LNB em letão: Latvijas Nacionālā bibliotēka Riga Letónia
National Library of Luxembourg BNL em luxemburguês: Nationalbibliothéik Lëtzebuerg
em francês: Bibliothèque nationale de Luxembourg
Cidade de Luxemburgo Luxemburgo
Biblioteca Nacional do México BNM em castelhano: Biblioteca Nacional de México Cidade do México México
National Library of the Netherlands NTA em neerlandês: Koninklijke Bibliotheek Haia Países Baixos
National Library of New Zealand Wellington New Zealand
Biblioteca Nacional da Noruega BIBSYS
W2Z
em norueguês: Nasjonalbiblioteket Trondheim Noruega
Biblioteca Nacional da Polónia NLP em polonês/polaco: Biblioteka Narodowa Varsóvia Polónia
Biblioteca Nacional da Rússia NLR em russo: Российская национальная библиотека São Petersburgo Rússia
National Library of Scotland em gaélico escocês: Leabharlann Nàiseanta na h-Alba
em scots: Naitional Leebrar o Scotland
Edimburgo Escócia
National Library of South Africa em africâner: Staats-Bibliotheek der Zuid-Afrikaansche Republiek Cidade do Cabo
Pretória
África do Sul
Biblioteca Nacional da Suécia SELIBR em sueco: Kungliga biblioteket - Sveriges nationalbibliotek Estocolmo Suécia
National Library of Wales em galês: Llyfrgell Genedlaethol Cymru Aberystwyth País de Gales
National Library of the Czech Republic NKC em tcheco/checo: Národní knihovna České republiky Praga Republica checa
National Széchényi Library NSZL em húngaro: Országos Széchényi Könyvtár Budapeste Hungria
Perseus Project PERSEUS Medford, Massachusetts Estados Unidos
RERO (Library Network of Western Switzerland) RERO em alemão: Westschweizer Bibliothekverbund
em francês: Réseau des bibliothèques de Suisse occidentale
em italiano: Rete delle bibliotheche della Svizzera occidentale
Martigny Suíça
Répertoire International des Sources Musicales RISM Frankfurt Germany
Sistema Universitário de Documentação SUDOC em francês: Système universitaire de documentation França
Syriac Reference Portal SRP Nashville, Tennessee Estados Unidos
Swiss National Library SWNL em alemão: Schweizerische Nationalbibliothek
em francês: Bibliothèque nationale suisse
em italiano: Biblioteca nazionale svizzera
em romanche: Biblioteca naziunala svizra
Berna Suíça
Narodowy Uniwersalny Katalog Centralny, NUKAT [pl] NUKAT em polonês/polaco: Narodowy Uniwersalny Katalog Centralny Polónia
Union List of Artist Names – Getty Research Institute ULAN
JPG
Los Angeles, California United States
United States National Agricultural Library NALT Beltsville, Maryland Estados Unidos
United States National Library of Medicine Bethesda, Maryland Estados Unidos
Vatican Library BAV em latim: Bibliotheca Apostolica Vaticana Vatican City
Vlaamse openbare bibliotheken (VLACC): nl VLACC em neerlandês: Vlaamse Centrale Catalogus Bruxelas Bélgica
Wikidata WKP Berlin, Alemanha Internacional


Bibliotecas adicionadas para fins de teste

Nome de entrada da Wikipedia em inglês Identificador Nome do idioma nativo Localização País
Biblioteca Nacional da Lituânia LIH em lituano: Lietuvos nacionalinė Martyno Mažvydo biblioteka Vilnius Lituânia
Biblioteca Nacional e Universitária da Eslovênia / COBISS SIMACOB em esloveno: Narodna in univerzitetna knjižnica, NUK Liubliana Eslovénia

Ver também


Referências


  1. Kelley, Michael; Schwartz, Meredith (2012). «VIAF service transitions to OCLC». Media Source Inc. Library Journal. 137: 16 
  2. O'Neill, Edward T. (12 de agosto de 2016). «VIAF: Origins» (Video presentation). Authority Data on the Web, a Satellite Meeting of the 2016 IFLA World Library and Information Congress. OCLC 
  3. Loesch, Martha Fallahay (28 de fevereiro de 2011). «The Virtual International Authority File». Technical Services Quarterly (em inglês). 28: 255–256. ISSN 0731-7131 . doi:10.1080/07317131.2011.546304  
  4. Morris, Susan R. (setembro de 2003). «Virtual International Authority» . Library of Congress Information Bulletin. Library of Congress. Consultado em 5 de janeiro de 2021 
  5. Agnew, Grace (2008). Digital Rights Management: A Librarian's Guide to Technology and Practise. [S.l.]: Chandos Publishing. ISBN 978-1-84334-125-3. OCLC 62715356  
  6. Murphy, Bob (4 de abril de 2012). «Virtual International Authority File service transitions to OCLC; contributing institutions continue to shape direction through VIAF Council» (Press release). OCLC (em inglês). Dublin, OH 
  7. Klein, Max; Renspie, Melissa (7 de dezembro de 2012). «VIAFbot Edits 250,000 Wikipedia Articles to Reciprocate All Links from VIAF into Wikipedia» . OCLC 
  8. Klein, Maximilian; Kyrios, Alex (14 de outubro de 2013). «VIAFbot and the Integration of Library Data on Wikipedia» . The Code4Lib Journal. ISSN 1940-5758  
  9. a b c Borgman 2015, p. 260.
  10. Hickey, Thomas B.; Toves, Jenny A. (julho de 2014). «Managing Ambiguity In VIAF» . Corporation for National Research Initiatives. D-Lib Magazine. 20. doi:10.1045/july2014-hickey  
  11. MacEwan, Andrew (12 de agosto de 2016). «ISNI and VIAF» (Video presentation). Authority Data on the Web, a Satellite Meeting of the 2016 IFLA World Library and Information Congress. OCLC 
  12. «NACO - Name Authority Cooperative Program» . Library of Congress 

Fontes


Ligações externas











Categorias: Biblioteca do Congresso | Catalogação e classificação de biblioteca | Identificadores




Data da informação: 20.05.2021 04:06:07 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.