Batalha de Montepeloso - pt.LinkFang.org

Batalha de Montepeloso


Batalha de Montepeloso
Conquista normanda do sul da Itália
Data 3 de setembro de 1041
Local Monte Sirícolo, perto de Montepeloso
Desfecho Vitória rebelde
Beligerantes
Império Bizantino
Guarda varegue
Rebeldes lombardo-normandos
Comandantes
Exaugusto Boiano Guilherme Braço de Ferro
Forças
Desconhecidas Desconhecidas
Baixas
Desconhecidas Desconhecidas
Localização de Montepeloso no que é hoje a Itália

A Batalha de Montepeloso foi travada em 3 de setembro de 1041 entre as forças rebeldes lombardo-normandas e o Império Bizantino próximo de Montepeloso, no sul da Itália. Os bizantinos, liderados por Exaugusto Boiano, foram forçados a batalha pelos rebeldes, e após uma luta dura o dia inteiro os rebeldes derrotaram o exército bizantino e capturaram Boiano. A vitória rebelde decisiva forçou os bizantinos a retirarem-se para as cidades costeiras, deixando os normandos e lombardos em controle de todo o interior peninsular meridional.

Índice

Antecedentes


Montepeloso fez parte duma revolta lombardo-normanda contra o Império Bizantino no sul da Itália, que já havia resultado em dois outros confrontos, o primeiro em Olivento em março, e outro em Monte Maior em maio, ambos vitórias rebeldes. Antes da batalha, os normandos e lombardos concordaram em escolher o príncipe Atenulfo de Benevento como o novo líder deles, enquanto o catepano bizantino Miguel Dociano foi substituído por Exaugusto Boiano.[1][2]

O novo líder geral da revolta, Atenulfo, era membro da família beneventana reinante e uma rival do patrocinador normando Guaimário IV de Salerno, mas embora o exército rebelde era liderado por líderes militares normandos, os normandos não podiam dar-se ao luxo de quebrar sua aliança com os lombardos.[2]

Batalha


Após os eventos em Monte Maior, Boiano fez uma tentativa de sitiar Melfi, que foi capturada pelos rebeldes. Em resposta, os normandos e lombardos contra-atacara o campo de Boiano em Monte Sorícolo,[3] próximo de Montepeloso (moderna Irsina), no rio Bradano. O exército bizantino sob Boiano estava seguro dentro da fortaleza de Montepeloso, mas como os rebeldes pretendiam evitar os esforços atrelados com um cerco, forçaram os bizantinos e a guarda varegue[1] a entrarem em batalha ao roubaram seu gado. A batalha perdurou intensamente durante o dia todo, mas a cavalaria normanda, liderada por Guilherme Braço de Ferro, conseguiu assegurar uma vitória decisiva para os rebeldes. Boiano foi capturado durante o confronto e mantido como refém.[4]

Rescaldo


A batalha de Montepeloso foi a última batalha campal travada entre normandos e bizantinos na península Itálica.[5] Essa vitória forçou o exército bizantino a retirar-se para as cidades costeiras, deixando o interior inteiro da Itália meridional para os rebeldes. Após a vitória, a cidade de Matera mudou seu apoio à revolta, enquanto as cidades costeiras de Bari, Monopoli e Giovinazzo quebraram sua aliança com o Império Bizantino para evitar raides normandos.[6]

Após o confronto, o comandante rebelde Atenulfo foi enviado para casa após ser descoberto que ele havia guardado para si o dinheiro recebido pelo resgate de Boiano. Embora os cavaleiros normandos exigiram que o novo líder fosse normando, eles possuíam menos votos que os lombardos e tiveram de contentar-se com Argiro de Bari.[6]

Referências


  1. a b Rogers 2010, p. 321–322.
  2. a b Brown 2003, p. 43.
  3. Jacques 2007, p. 681.
  4. Brown 2003, p. 43–44.
  5. Brown 2003, p. 45.
  6. a b Brown 2003, p. 44.

Bibliografia


  • Brown, Gordon S. (2003). The Norman Conquest of Southern Italy and Sicily. Jefferson, NC: McFarland & Company Inc., Publishers. ISBN 978-0-7864-1472-7 
  • Jacques, Tony (2007). Dictionary of Battles and Sieges: A Guide to 8,500 Battles from Antiquity through the Twenty-first Century. Westport, CT: Greenwood Press. ISBN 978-0-313-33538-9 
  • Rogers, Clifford J. (2010). The Oxford Encyclopedia of Medieval Warfare and Military Technology 1. Nova Iorque, NI: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-533403-6 









Categorias: Batalhas envolvendo os normandos | Batalhas envolvendo o Império Bizantino | Guerras bizantino-normandas | Século XI no Império Bizantino | Catepanato da Itália | 1041




Data da informação: 17.12.2020 01:44:40 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.