Batalha de Texel


A Batalha de Texel foi um conflito naval entre a frota holandesa e um combinado das frotas inglesas e francesas durante a Guerra Franco-Holandesa. Foi o maior combate da guerra e considera-se que também fez parte da Terceira Guerra Anglo-Holandesa. A batalha começou por volta do dia 11 e terminou em 21 de Agosto de 1673, perto da ilha de Texel nos Países Baixos.[1][2][3]

Os relatos desta batalha variam entre os vários historiadores, e os dois lados reivindicaram a vitória; disto pode-se concluir que a batalha não foi decisiva.[4]

Índice

Antecedentes


Carlos II da Inglaterra estava disposto a manter sua aliança com a França, e apoiá-la em sua guerra contra a Holanda. Com o dinheiro do parlamento, ele armou uma frota, e colocou-a sob o comando do príncipe Rupert, nomeado almirante, após haver desqualificado o duque de Iorque. Sir Edward Sprague e o conde de Offroy foram colocados sob o comando do príncipe, e se uniram às forças francesas, comandadas por d'Etrées.[4]

Os comandantes holandeses eram De Ruyter e Tromp, que haviam sido recentemente reconciliados pelo príncipe de Orange.[4]

A frota combinada seguiu pela costa da Holanda, e encontrou o inimigo ancorado próximo das areias de Schonvelt. Em 4 de junho de 1673, as frotas se encontraram em Flushing, houve alguma escaramuça, mas o vento afastou as frotas antes que houvesse danos significativos.[4]

Batalha


Assim que houve condições para a navegação, as frotas foram para o mar, e se encontraram na foz do rio Texel.[4] De Ruyter se opôs ao príncipe Rupert, Tromp a Sprague, e Brankert a D'Etrées. Eles lutaram como se as alternativas fossem morte ou vitória.[5]

D'Etrées e a maior parte das forças francesas, exceto a parte comandada pelo almirante Martel, ficou recuada. Brankert, em vez de avançar contra os franceses, foi auxiliar De Ruyter, que estava sofrendo um ataque violento de Rupert.[5]

O príncipe escapou dos vários inimigos que o atacavam, se uniu a John Clichely, e foi assistir Sprague, que estava sendo dominado por Tromp. O navio Royal Prince, de Sprague, estava tão avariado que ele teve que mover-se para o navio St. George. Analogamente, Tromp mudou-se do Golden Lion para o Comet, quando a ação renovou-se, até que o St. George também foi danificado, e o almirante Sprague morreu afogado.[5]

Rupert enviou três navios para atacar o centro da frota holandesa, e pediu aos franceses para virem em auxílio, o que poderia ter dado a vitória à aliança. Vendo, porém, que os franceses não obedeceram ao seu sinal, e que a maioria de sua frota estava danificada, Rupert se retirou para a segurança da costa da Inglaterra.[5]


Referências


  1. Rickard, J (28 August 2009), Battle of Texel or Kijkduin , 11/ 21 August 1673
  2. [http://collections.rmg.co.uk/collections/objects/11810.html The Battle of the Texel, 11-21 August 1673
  3. Nolan, Cathal J. Wars of the age of Louis XIV, 1650-1715 : an encyclopedia of global warfare and civilization, p.457, (2008), Westport, Conn. : Greenwood Press
  4. a b c d e Edward Seymour, The Complete History of England, Volume 2 (1764), Charles II, p.101 [em linha]
  5. a b c d Edward Seymour, The Complete History of England, Volume 2 (1764), Charles II, p.102

Ligações externas


«Assinada a paz após a Batalha de Texel» . In Revista marítima brasileira, Volume 40 


Franco-Holandesa e  Terceira Guerra Anglo-Holandesa
SolebaySchooneveldTexelMaastrichtSeneffeTurckheim - Konzer Brücke - Stromboli - Agosta - Palermo - UtrechtGroningen - Cassel - Saint-Denis
[editar ]


Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .


O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Texel









Categorias: Guerra Anglo-Holandesa | Guerra Franco-Holandesa




Data da informação: 23.09.2021 09:42:45 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.