Canal lacrimal - pt.LinkFang.org

Canal lacrimal


Canal lacrimal é a denominação dada ao ducto que conduz a lágrima das glândulas lacrimais até a superfície do olho.

Significado clínico


A obstrução do ducto nasolacrimal pode ocorrer.[1] A obstrução do saco lacrimal ou dacrioestenose pode ocorrer em recém-nascidos por haver persistência da membrana que separa a via lacrimal da fossa nasal, mantendo o canal lacrimo-nasal sem comunicação com a fossa nasal, causando um “bloqueio”, com consequente acumulação de lágrimas. Contudo na grande maioria das vezes, perfura espontaneamente durante o primeiro mês de vida. A dacrioestenose é um problema de saúde que pode afectar um ou ambos os olhos. Nos recém nascidos é um problema benigno e auto-limitado, com as seguintes manifestações clínicas:

- Acumulação de lágrimas no canto do(s) olho(s);

- Lágrimas a escorrer pelo rosto;

- Muco ou secreções brancas e amareladas no(s) olho(s) – mais evidentes após períodos de sono;

- Vermelhidão da pele ao redor dos olhos, sobretudo no(s) canto(s) dos olho(s).[2]

Este é um problema muito confundido com conjuntivite ou blefarite, mas ressalve-se que apesar da presença de secreções (mais ou menos espessas) a conjuntiva do olho está não inflamada/ branca.

O diagnóstico é clínico, não sendo necessário nenhum exame para a sua confirmação.

As complicações são raras, sendo a mais comum a dacriocistite (infeção do saco lacrimal). O tratamento depende da idade da criança e da presença/ ausência de complicações dividindo-se em médico (através de massagem ocular) ou cirúrgico.[1]

Pessoas com condições de olho seco podem ser adaptadas com tampões de ponto que vedam os dutos para limitar a quantidade de drenagem do fluido e reter a humidade.

Nos humanos, os ductos lacrimais nos machos tendem a ser maiores que os das fêmeas.[3]


Ver também


Referências


  1. "Blocked tear ducts in infants" , Pediatric Views, June 2006.
  2. Futuro, Sistemas do. «.: Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo» . oftalmologia-pediatrica.eu. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  3. "Tears of Men and Women Are Different" , Wall Street Journal, mirrored at "Why Men and Women Shed Different Tears" , Fox News, May 5, 2011.








Categorias: Oftalmologia








Data da informação: 17.12.2020 05:05:55 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.