Dasypogonaceae


Dasypogonaceae
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: não atribuída
Família: Dasypogonaceae
Géneros
Ver texto
Sinónimos

Dasypogonaceae é uma família de plantas monocotiledóneas, de porte herbáceo ou arborescente, rizomatosas, endémica das zonas áridas do Sudoeste da Austrália e Victoria.

Índice

Descrição


São plantas herbáceas ou arbustos com as folhas dispostas em espiral, com bainha bem desenvolvida e as bases persistentes depois da morte da folha. A família foi reconhecida por sistemas de classificação modernos como o sistema APG III (2009[1]) e o Angiosperm Phylogeny Website (2001 em diante)[2]), que a colocaram no clado das comelinídeas, ainda que a Janeiro de 2011 ainda não estava colocada em nenhuma ordem. Tradicionalmente a família havia sido relacionada com outras monocotiledóneas xeromórficas da Australia, como Xanthorrhoeaceae (Dahlgren et al. 1985[3]) ou Laxmanniaceae como em Takhtajan.[4] Na família podem-se reconhecer dois subclados, o de Dasypogon + Calectasia e o de Kingia + Baxteria.

É composta por 16 espécies repartidas em 4 géneros:

O sistema APG II situa a divergência desta família ao nível das comelinídeas.

Na classificação clássica esta família não existe: as plantas em causa são atribuídas à família Xanthorrhoeaceae.

Taxonomia


A família foi reconhecida pelo sistema APG III (2009[1]), o Linear APG III, de 2009,[5] atribuiu-lhe o número de família 90. A família já havia sido reconhecida pelo sistema APG II (2003[6]).

A lista de géneros, segundo o Angiosperm Phylogeny Website[2] (Janeiro de 2009):

Sinonímia


Sinónimo, segundo o Angiosperm Phylogeny Website, de Dasypogonales Reveal (Janeiro de 2009).[2]

Referências


  1. a b Angiosperm Phylogeny Group. An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG III. Botanical Journal of the Linnean Society, 2009. 161: 105-121.
  2. a b c Stevens, P. F. (2001). «Angiosperm Phylogeny Website (Versión 9, junio del 2008, e actualizado desde então)» (em inglês). Consultado em 12 de Janeiro de 2009 
  3. Dahlgren, R. M.; Clifford, H. T., Yeo, P. F. (1985). The families of the monocotyledons. (Springer-Verlag). Berlim.
  4. Takhtajan, A. (1997). Diversity and Classification of Flowering Plants. New York: Columbia University Press 
  5. Elspeth Haston, James E. Richardson, Peter F. Stevens, Mark W. Chase, David J. Harris. The Linear Angiosperm Phylogeny Group (LAPG) III: a linear sequence of the families in APG III Botanical Journal of the Linnean Society, Vol. 161, No. 2. (2009), pp. 128-131. doi:10.1111/j.1095-8339.2009.01000.x Key: citeulike:6006207 pdf: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1095-8339.2009.01000.x/pdf
  6. APG II (2003). «An Update of the Angiosperm Phylogeny Group Classification for the orders and families of flowering plants: APG II.» (pdf). Botanical Journal of the Linnean Society (141): pp. 399-436. Consultado a 12/01/2009.

Ligações externas











Categorias: Dasypogonaceae | Famílias de monocotiledóneas | Famílias de angiospérmicas




Data da informação: 20.10.2021 04:00:21 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.