Esmirna (província) - pt.LinkFang.org

Esmirna (província)




Esmirna 
  Província (il)  
Panorâmica da cidade de Esmirna
Localização
Localização da província de Esmirna na Turquia
Mapa dos distritos da província de Esmirna
Localização de Esmirna na Turquia
Coordenadas 38° 29' N 27° 8' E
Região Egeu
Administração
Capital Esmirna
Governador (vali) Mustafa Cahit Kiraç (2004) [1]
Características geográficas
Área total [2] 11 973 km²
População total (2009) [3] 3 868 308 hab.
Densidade 323,1 hab./km²
Código postal 35xxx
Prefixo telefónico 0232
Website Governo provincial: www.izmir.gov.tr
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Província de Esmirna

Esmirna[4] (em turco: İzmir) é uma província (em turco: iller) do sudoeste da Turquia, situada na região (bölge) do Egeu (em turco: Ege Bölgesi) com 11 973 km² de superfície e 3 868 308 habitantes (2009)[3]. A província é banhada pelo golfo de Esmirna (Mar Egeu) e é cercada pelas províncias Balıkesir, ao norte, Manisa a leste e Aidim ao sul.

Os principais rios da província são o Caístro (Küçük Menderes), o Koca Çay (com a represa de Güzelhisar) e o Bakır Çay.

Índice

Distritos


A província está dividida em 30 distritos (o distrito central em negrito):

 
  • Dikili
  • Foça
  • Gaziemir
  • Güzelbahçe
  • Karabağlar
  • Karaburun
  • Karşıyaka
  • Kemalpaşa
  • Kınık
  • Kiraz
 

História


A área da atual província de Esmirna foi colonizada por gregos jônios por volta do século XI a.C., que fundaram a cidade de Esmirna (İzmir); posteriormente foi conquistada pelos persas, reconquistada pelos gregos, até ser absorvida pelo Império Romano. Com o fim do império a área passou a fazer parte do Império Bizantino, até ser reconquistada novamente pelos turcos otomanos no século XIV. Após séculos de dominação turca sobre a população multi-étnica da cidade, após a Primeira Guerra Mundial a província foi cedida à Grécia, porém reconquistada pelas forças de Kemal Atatürk na Guerra de Independência Turca. Um ponto altamente controverso envolve o genocídio em grande escala de civis de ambas as partes pelos exércitos inimigos (ver Grande Incêndio de Esmirna). Como resultado do Tratado de Lausanne, todos os habitantes da província que não eram turcos ou muçulmanos foram expulsos, e o território foi incorporado à atual República da Turquia.

Referências


  1. «Esmirna» . www.yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 11 de junho de 2010 
  2. «İl Listesi» . www.yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 10 de junho de 2010. Arquivado do original em 10 de junho de 2010 
  3. a b «Address based population registration system (ABPRS) database» . www.tuik.gov.tr (em inglês). TURKSTAT. 2009. Consultado em 11 de junho de 2010 [ligação inativa]
  4. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos. I. Porto: Editora Educação Nacional, Lda. 

Ligações externas


Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .








Categorias: Províncias da Turquia | Províncias da Região do Egeu








Data da informação: 31.05.2020 07:48:23 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.