Francis Hayman - pt.LinkFang.org

Francis Hayman




Francis Hayman
Nascimento 1708
Exeter
Morte 2 de fevereiro de 1776 (68 anos)
Londres
Cidadania Reino da Grã-Bretanha
Ocupação pintor, ilustrador, bibliotecário

Francis Hayman (Exeter, 1708 - Londres ?, 2 de fevereiro de 1776) foi um pintor e ilustrador da Inglaterra, um dos fundadores da Royal Academy e seu primeiro bibliotecário.

Começou sua carreira como pintor de cenários teatrais, sobretudo no teatro Drury Lane de Londres, onde também desempenhava papéis menores no palco. Isso antes de se estabelecer em um estúdio em St Martin's Lane.

Foi um artista versátil, influenciado pelo Rococó francês, dedicando-se ao retrato, painéis decorativos, paisagens e cenas históricas. Pintou muitos dos principais atores Shakespeareanos do seu tempo, ilustrou peças de Shakespeare e novelas de Samuel Richardson.

Ele contribuiu com 31 imagens para uma edição de 1744 das peças de Shakespeare de Sir Thomas Hanmer e mais tarde retratou muitos atores contemporâneos líderes em papéis de Shakespeare, incluindo David Garrick como Richard III (1760). Ele também ilustrou Pamela , uma novela de Samuel Richardson , Paradise Lost de Milton e Paradise Regained , tradução de Tobias Smollettde, Don Quixote e outras obras bem conhecidas. Na década de 1760, Hayman foi contratado por Jonathan Tyers , proprietário da Vauxhall Gardens, e da propriedade Denbies , para fazer uma série de pinturas de história em larga escala que retratam vitórias britânicas na Guerra dos Sete Anos .

Também foi bom professor, ensinando, entre outros, Mason Chamberlin, Nathaniel Dance-Holland, Thomas Seton e Lemuel Francis Abbott, e exercendo forte influência sobre Thomas Gainsborough.

Associando-se a Joshua Reynolds, esteve envolvido na fundação da Society of Artists, que depois evoluiu para a Royal Academy.

Hayman morreu em 1776 e foi enterrado em uma sepultura não marcada na Igreja de Santa Ana, Soho.[1]

Ver também


Referências


  1. Turcot, Laurent (2011). «The Surrender of Montreal to General Amherst de Francis Hayman et l'identité impériale britannique» . Mens: Revue d'histoire intellectuelle et culturelle (em francês). 12 (1). ISSN 1492-8647 . doi:10.7202/1010567ar  
Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .








Categorias: Nascidos em 1708 | Mortos em 1776 | Pintores do Reino Unido | Ilustradores do Reino Unido | Bibliotecários da Inglaterra | Pintores do rococó








Data da informação: 30.05.2020 03:59:37 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.