Gávea (bairro do Rio de Janeiro)


(Redirecionado de Gávea_(Rio_de_Janeiro))
Gávea
  Bairro do Brasil  
Gávea e parte do Leblon vistos do Corcovado.
Localização
Distrito Zona Sul[1]
História
Criado em 18 de junho de 1993 Lei 1995
Características geográficas
Área total 257,96 ha[1]
População total 17,475 (em 2 010) hab.
 • IDH 0,970 [2](em 2000)
Outras informações
Domicílios 7.069 (em 2010)
Limites Alto da Boa Vista, Jardim Botânico, Leblon, Lagoa, Rocinha, São Conrado e Vidigal[1]
Subprefeitura Zona Sul[1]
Fonte: Não disponível

Gávea é um bairro da Zona Sul do município do Rio de Janeiro, no Brasil. Localiza-se entre a encosta do Morro Dois Irmãos e a margem oeste da lagoa Rodrigo de Freitas. Tendo uma localização privilegiada com vista para o monte Corcovado e acesso a praia do Leblon a sul, o jardim botânico, a norte e a floresta da Tijuca à oeste. Em 2000, seu índice de qualidade de vida foi avaliado em 0,970, alcançando o 2º lugar do Rio de Janeiro, dentre 126 bairros avaliados.[3]

Índice

História


O bairro proveio do loteamento de propriedades rurais localizadas no Jardim da Gávea, a partir dos anos 30. Assim como seus vizinhos Lagoa na margem leste e Jardim Botânico na margem norte.[4] Nos anos 1920 e 1930, o bairro era conhecido por sediar corridas de carros. Manuel de Tefé, piloto de automobilismo e diplomata, convenceu o então presidente da República, Getúlio Vargas, a autorizar as corridas.[5] Foi fundado, então, o Circuito da Gávea. Dessa forma, circuitos de rua foram realizados anualmente no bairro por vinte anos (1926-1945).[6] Um dos resquícios do Circuito da Gávea é a Gruta da Imprensa, espaço reservado a jornalistas.[6]

A partir de 1970, depois da inauguração do Túnel Dois Irmãos e da Autoestrada Lagoa-Barra durante o Regime militar no Brasil (1964–1985), o bairro tornou-se viário ao acesso a outras localidades cariocas e alvo de uma intensa especulação imobiliária, verticalizando-se em meio a protestos de moradores.[6] Atualmente, o bairro é um dos destinos turísticos da cidade devido a sua vida noturna, centros culturais e sua arquitetura contemporânea.[6][7]

Estrutura


É um bairro residencial que possui diversos atrativos culturais,[7] como a Anitta Schwartz Art Galery, Casa da Gávea, o Clube Piraquê, o Estádio Rubro-Negro, o Instituto Moreira Salles, o Jockey Club, o Museu do Universo, Museu da Cidade, o Parque da Cidade, a Sociedade Hípica Brasileira, e o Shopping da Gávea. Também situam-se cinco teatros (das Artes, dos Quatro, Clara Nunes, Planetário e Vanucci) e dois cinemas, Cine Lagoon e Estação Vivo. Além disso, sua gastronomia é diversificada, apresenta o Gávea Trade Center, outro centro comercial e uma das maiores faculdades do país, a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, bem como vários colégios públicos e particulares, como a famosa Escola Americana do Rio de Janeiro, a Escola Parque, Colégio Teresiano, Colégio Stockler, Escola Nova e as escolas municipais Christiano Hamman e Desembargador Oscar Tenório. Dos seus 2,57 quilômetros quadrados, somente 44,5 por cento é urbana ou alterada, o que o torna um dos bairros menos urbanos da cidade, sendo uma exceção dentre os bairros zona-sulistas. Para facilitar ainda mais a inclusão do bairro na mobilidade urbana, está em construção a linha amarela do metrô, que contará com a estação Gávea.

A Gávea é dividida informalmente entre Alto Gávea e Baixo Gávea. A região do Baixo Gávea, localizada na Praça Santos Dumont, é conhecida por ser um local boêmio frequentado pela juventude carioca[8].

Demografia


Apresenta 17.475 habitantes, dos quais 7.937 são homens e 9.538 mulheres,[9] sendo 83,21 homens para cada cem mulheres. Tem uma densidade demográfica de 67,74 habitantes por hectare e[10]. Na maioria de seus 6 580 domicílios, vivem duas pessoas.[9] Tem uma expectativa de vida ao nascer de 80,45 anos (perdendo apenas para o Jardim Guanabara)[1] e taxa de alfabetização de adultos de 98,08 por cento. [1] Seu Índice de Desenvolvimento Humano é de 0,970, o maior da cidade.[2]

[11]
Etnias
Brancos 84%
Pardos 11%
Negros 3%

Galeria


Ver também


Referências


  1. a b c d e «Rio Prefeitura - Bairros cariocas - Lagoa» . Consultado em 25 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 2 de setembro de 2013 
  2. a b Instituto Pereira Passos; IBGE. «Tabela 1172 - Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH), por ordem de IDH, segundo os bairros ou grupo de bairros - 2000» (XLS) 
  3. «Lista de bairros do Rio de Janeiro por IDH» . Wikipédia, a enciclopédia livre. 19 de dezembro de 2020. Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  4. História do Bairro - Lagoa
  5. Site Enciclopédia F1
  6. a b c d «História do Bairro - Gávea» . Consultado em 15 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 20 de dezembro de 2010 
  7. a b O papel do design gráfico - a identidade visual da cidade [ligação inativa]
  8. Baixo Gávea é uma boa opção nesta segunda carioca
  9. a b [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, censo demográfico 2000]
  10. Instituto Pereira Passos - IPP
  11. «Tabela 3175: População residente, por cor ou raça, segundo a situação do domicílio, o sexo e a idade» . sidra.ibge.gov.br. 21 de junho de 2020. Consultado em 21 de junho de 2020  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)

Ligações externas


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Categoria no Commons









Categorias: Gávea




Data da informação: 03.03.2021 08:46:23 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.