Guerra russo-persa de 1722–1723 - pt.LinkFang.org

Guerra russo-persa de 1722–1723


(Redirecionado de Guerra_Russo-Persa_(1722-1723))



A Guerra Russo-Persa de 1722 a 1723, conhecida na historiografia como Campanha Persa de Pedro, o Grande, foi uma guerra entre a Rússia e Pérsia (Irã), o czar desencadeou-a na tentativa de expandir a influência russa no Mar Cáspio e na Transcaucásia para impedir ganhos territoriais na região pelo Império Otomano, à custa do Declínio Safávida.

Antes da campanha, Pedro I da Rússia assegurou uma aliança com um rei georgiano Vactangue VI de Cártlia, e com o católico Asdvadzadur da Arménia. Estes governantes cristãos estavam buscando ajuda russa em sua luta contra o expansionistas das duas potências muçulmanas - Turquia e Pérsia.

Em Julho de 1722, o Exército russo, totalizado em cerca de 22.000 homens, embarcaram em navios da recém-construída Frota do mar Cáspio liderada pelo almirante Fiodor Apraksin de Astracã. A eles juntaram se mais tarde cerca de 22.000 homens de cavalaria e os Cossacos, então marcharam por terra a partir Volgogrado. Em 23 de Agosto de 1722, o exército russo capturou Derbente, no sul do Daguestão. Contudo, no Outono do mesmo ano tempestades no Mar Cáspio obrigaram Pedro o Grande a retornar para Astracã deixando guarnições russas em Derbente e Budyonnovsk. Em Setembro de 1722, em Vactangue VI acampado em Ganja (Azerbaijão) organizou uma força combinada com um exército georgiano e Arménio de 40.000 homens, para integrar-se no avanço russo, mas depois de receber a notícia sobre a saída de Pedro I retornou a Tbilisi em Novembro.

Em Dezembro de 1722, o exército russo e a Marinha, sob o comando do major-general Mikhail Matyushkin, capturou Rasht e em julho de 1723 procedeu à captura de Bacu. O sucesso militar russo na invasão, com a tomada do sul do Cáucaso, forçaram na Primavera de 1723 o Governo Persa de Tamaspe II a assinar o Tratado de São Petersburgo, no qual cederam Derbente e Bacu, e nas províncias persas Xirvão, Gilão, Mazandarão e Astrabade aos russos em 12 de Setembro, de 1723.

Em 1735, na véspera da Guerra Russo-Turca, o governo da Imperatriz Ana da Rússia devolveu todos os territórios anexados à Pérsia como um pré-requisito para uma constituição de uma aliança com os persas contra a Turquia Otomana.

Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .








Categorias: Guerras envolvendo o Império Safávida | Guerras envolvendo o Império Russo | Guerras envolvendo a Geórgia








Data da informação: 30.05.2020 10:01:34 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.