Guido de Lusinhão - pt.LinkFang.org

Guido de Lusinhão


(Redirecionado de Guido_de_Lusignan)
Guido de Lusinhão

Rei de Jerusalém
Rei de Chipre

Guido de Lusinhão, por François-Édouard Picot.
Reinado Agosto de 1186 à 1192 (Rei de Jerusalém) (de 1186 à 1190 servindo junto com Sibila de Jerusalém)
1192 à 1194 (Rei de Chipre)
Consorte Sibila de Jerusalém
Antecessor(a) Balduíno V (Reino de Jerusalém)
Sucessor(a) Isabela I (Reino de Jerusalém)
Amalrico I (Reino do Chipre)
Casa Lusinhão
Título(s) Conde de Jafa e Ascalão (1180-1186)
Nascimento 1150
  Lusinhão, Poitou-Charentes, França
Morte 18 de julho de 1194 (44 anos)
  Nicósia, Reino de Chipre
Pai Hugo VIII de Lusinhão
Mãe Bourgogne de Rancon

Guido de Lusinhão[1][2] ou Lusinhano[3] (em francês: Guy de Lusignan)[4][5] foi um nobre cavaleiro francês, nascido em 1150. Tornou-se regente e depois monarca consorte do Reino Latino de Jerusalém, ao se casar com a princesa (rainha em 1186) Sibila de Jerusalém em 1180, e Rei do Chipre.

Índice

Biografia


Em 1187, quando foi feito prisioneiro do imperador aiúbida Saladino na Batalha de Hatim, teria ouvido dele a frase que significou sua liberdade: "Reis verdadeiros não se matam uns aos outros". Depois da conquista do Acre por Ricardo Coração de Leão, Guido ainda tentou voltar ao trono de Jerusalém com a ajuda do rei inglês, mas acabou aceitando o título de Rei do Chipre.

Morte

Guido morreu em 1194 sem deixar descendentes; as suas filhas Alícia e Maria de Lusinhão ambas faleceram jovens, de doença, em Acre, Israel, em Setembro ou Outubro de 1190. O seu irmão Amalrico recebeu a coroa de Henrique VI, Imperador do Sacro Império Romano-Germânico. Os Lusinhão continuaram a governar o Reino de Chipre até 1474.[6]

O corpo de Guido foi sepultado na capital cipriota, Nicósia, numa igreja da Ordem dos Templários.

Precedido por
Balduíno V

Rei de Jerusalém

1186–1192
Sucedido por
Isabel I
Precedido por

Rei de Chipre

1192-1194
Sucedido por
Amalrico I de Chipre

Referências


  1. Limão 1995, p. 378, nota 103.
  2. Brasil 1964, p. 64.
  3. Freire 1921, p. 480.
  4. Monteiro 2015, p. 26.
  5. Pernoud 1990, p. 118.
  6. Dinastia de Lusinhão de Chipre (em inglês)

Bibliografia


  • Brasil, Reis. Os Lusíadas, comentários e estudo crítico Vol. III Parte II. Lisboa: Livraria Portugal 
  • Freire, Anselmo Braamcamp (1921). Brasões Da Sala de Sintra Vol. III. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra 
  • Limão, Maria Paula (1995). «Portugal e o Mediterrâneo no Tempo do Infante D. Henrique». Angra do Heroísmo: Instituto Histórico da Ilha Terceira. Boletim. 52 
  • Monteiro, João Gouveia (2015). Guerra e poder na Europa medieval : as cruzadas à guerra dos 100 anos. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra. OCLC 932782306  
  • Pernoud, Régine (1990). A mulher no tempo das Cruzadas. Mem Martins: Editorial Inquérito. OCLC 32115052  

Ligações externas


Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .








Categorias: Nascidos em 1150 | Mortos em 1194 | Reis por direito conjugal | Condes de Angolema | Reis de Jerusalém | Reis do Chipre | Casa de Lusinhão | Monarcas católicos romanos | Cristãos da Terceira Cruzada | Regentes de Jerusalém








Data da informação: 17.12.2020 09:24:46 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.