Hipótese


Uma hipótese (do grego antigo ὑπόθεσις, transl. hypóthesis, composto de hypo, 'sob', 'abaixo de', e thésis, 'posição') suposição ou especulação é uma formulação provisória, com intenções de ser posteriormente demonstrada ou verificada, constituindo uma suposição admissível.

É a evolução da intuição à teorização e da teoria que levará à prática, a testar as hipóteses firmadas pelo raciocínio dedutivo implícito à teorização, com freqüência, e por motivos vários, que segue por vias aparentemente obscuras.

As hipóteses primeiras nem sempre são definitivas e estas, quando firmadas, nem sempre são as ideais, ainda que satisfaçam condições momentâneas.

Na matemática, é o conjunto de condições para poder iniciar uma demonstração. Surge no pensamento científico após a recolha de dados observados (fatos) e da conseguinte necessidade de explicação da inter-relação destes e dos fenómenos a estes associados. É normalmente seguida de experimentação, que pode levar à verificação ou refutação da hipótese. Assim que verificada, a hipótese passa a se chamar postulado, podendo alcançar o status de lei. O uso de "hipótese" (ou "lei") e "teoria" [1] como sinônimos mostra-se entretanto incorreto, sendo a última definida por conceito bem mais abrangente, no qual incluem-se as hipóteses e/ou as leis como partes integrantes mas estas não o fazem de forma a definir a mesma em sua íntegra.

Em outro sentido mais específico, a hipótese pode ser considerada como um instrumento de pesquisa que medeia a teoria e a metodologia. Formulada a partir de uma determinada ambiência teórica e diante de um problema científico a ser resolvido, a hipótese implica a necessidade de demonstração a partir da metodologia e da pesquisa. Deve-se ter em vista, contudo, que, neste sentido metodológico mais restrito, a hipótese é apenas uma formulação provisória, destinada a colocar a pesquisa em andamento. No decorrer do processo de pesquisa ela pode ser confirmada ou não, o que não desqualifica o papel que terá exercido para impulsionar a pesquisa para a frente. Em verdade, frente à definição moderna de ciência, todas as ideias científicas encontram-se em perpétuo teste. Neste contexto, é certo dizer que as ideias científicas, independente do título honorífico que recebam em virtude da generalidade ou grau de corroboração - conjectura, postulado (axioma) ou lei - são e serão sempre hipóteses. As hipóteses e os fatos são parcelas inerentes e indispensáveis à teoria.

Índice

Dicas


  1. Observar (pontuar) não é a mesma coisa que elaborar hipóteses[2]
  2. Não é possível provar ou refutar uma hipótese, mas confirmá-la ou invalidá-la: provar e confirmar são coisas diferentes embora divididas por uma linha tênue. Entretanto, para as questões mais complexas, lembre-se, podem existir muitas explicações possíveis, uma ou duas experiências talvez não provem ou refutem uma hipótese.
  3. Existem vários testes de hipóteses. O teste de hipótese também pode tomar a forma de estudos duplo-cego, tal como saber se realmente um remédio tem efeito indutor do sono e separar os pacientes que apresentam o efeito placebo, ou seja, aqueles que, mesmo tomando pílulas de farinha, apresentaram a indução do sono. Para isso, é importante utilizar o método estatístico e também coletar dados com outros métodos de coleta. O fator que aumenta a consistência de uma experiência é que ela possa ser testada com outros métodos de coleta de dados ou informações que possam ser utilizados para testar a hipótese.
  4. Entenda a diferença entre uma correlação e uma relação causal. Se você confirmar a sua hipótese, encontrou uma correlação (um relacionamento entre duas variáveis). Se outras pessoas também confirmam a hipótese, a correlação é mais forte. Mas só porque existe uma correlação não significa necessariamente que uma variável cause a outra.

Referências


  1. A associação entre teoria e o conceito de "ideia" faz-se em senso comum, não no âmbito científico.
  2. «Início» . Ciência Exata. Consultado em 20 de maio de 2020 

Ligações externas


Ver também


Este artigo sobre uma Teoria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .


O Wikcionário tem o verbete Hipótese.









Categorias: Teorias | Método científico | Hipóteses | Filosofia da ciência | Estrutura mental | Imaginação




Data da informação: 13.10.2021 04:16:18 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.