Isabel de Angolema


Isabel
Rainha Consorte da Inglaterra
Reinado 24 de agosto de 1200
a 19 de outubro de 1216
Coroação 8 de outubro de 1200
Predecessora Berengária de Navarra
Sucessora Leonor da Provença
Condessa de Angolema
Reinado 16 de junho de 1202
a 4 de junho de 1246
Predecessor Ademar
Sucessor Hugo I
 
Maridos João da Inglaterra
Hugo X, Senhor de Lusignan
Descendência Henrique III da Inglaterra
Ricardo, 1.º Conde da Cornualha
Joana da Inglaterra
Isabel da Inglaterra
Leonor da Inglaterra
Hugo XI, Senhor de Lusignan
Ademar, Bispo de Winchester
Edviges de Lusignan
Alice de Lusignan
Guido de Lusignan
Godofredo de Lusignan
Isabel de Lusignan
Guilherme, 1º Conde de Pembroke
Margarida de Lusignan
Casa Taillefer (por nascimento)
Plantageneta (por casamento)
Lusinhão (por casamento)
Nascimento c. 1186/1188
Morte 4 de junho de 1246 (58–60 anos)
  Abadia de Fontevraud, Fontevraud, Anjou, França
Enterro Abadia de Fontevraud
Pai Ademar, Conde de Angolema
Mãe Alice de Courtenay
Religião Catolicismo

Isabel (c. 1186/1188Fontevraud, 4 de junho de 1246) foi a segunda esposa do rei João e rainha consorte do Reino da Inglaterra de 1200 até 1216. De 1202 até sua morte também foi em direito próprio a Condessa de Angolema. Após a morte de João, Isabel casou-se com Hugo X, Senhor de Lusignan.

Índice

Biografia


Quando tinha 12 anos, foi raptada por João Sem Terra que a conheceu passeando pela floresta em companhia do noivo, Hugo X de Lusignan. Isabel, conseguiu prender o rei, considerado dissoluto e violento com as mulheres, fazendo com que ele passasse a maior parte do tempo na cama em companhia dela. Teve 5 filhos com João, sendo o mais velho Henrique III sucessor do pai no trono de Inglaterra.

João era criticado pelos nobres que diziam que ele fora preso debaixo dos lençóis da esposa. Depois da morte de João, Isabel ajudou na coroação do filho e voltou para Angolema. Ao levar a filha Joana, que havia sido prometida em casamento ao seu antigo noivo, Hugo de Lusignant, Isabel acabou superando a filha e se casou com Hugo. A filha voltou para a Inglaterra e acabou se casando com Alexandre II da Escócia.

Hugo de Lusignan, perdidamente apaixonado e feliz pelo reencontro com a noiva tornou-se um escravo da beleza e da sensualidade de Isabel. Ao morrer, Isabel foi homenageada pelo filho e rei da Inglaterra, que colocou na lápide da mãe a inscrição: "Isabel de Angolema: Nunca houve uma mulher tão bela".

Filhos


Do casamento com João, nasceram:

O seu segundo casamento com Hugo X de Lusignan, resultou em diversos filhos:

Na cultura popular


Ancestrais


Precedida por
Berengária de Navarra
Rainha Consorte da Inglaterra
Ficheiro:Armoiries Isabelle d'Angolema.svg

24 de agosto de 120018 de outubro de 1216
Sucedida por
Leonor da Provença
Precedida por
Aimer de Angolema
suo jure Condessa de Angolema
Ficheiro:Armoiries Comté Angolema.png

16 de junho de 12024 de junho de 1246
Sucedida por
Hugo X de Lusignan

Ligações externas


Cartas escritas por e destinadas à Isabel de Angolema. Arquivado em 22 de junho de 2010, no Wayback Machine. (em inglês)

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Isabel de Angolema
Este artigo sobre uma Rainha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .

Referências











Categorias: Mortos em 1246 | Condes de Angolema | Rainhas consorte britânicas | Rainhas-mães | Casa de Anjou | Rainhas católicas | Rainhas católicas da Inglaterra | Católicos do Reino Unido | Duquesas plantagenetas da Aquitânia | Mulheres da Inglaterra medieval | Duquesas da Normandia | Mulheres do século XII | Mulheres da França medieval | Mulheres do século XIII | Casa de Taillefer | Sepultados na Abadia de Fontevraud




Data da informação: 13.09.2021 10:37:52 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.