Marta Mestre - pt.LinkFang.org

Marta Mestre


Marta Mestre
Nascimento 1980 (40 anos)
Beja
Cidadania Portugal
Alma mater Universidade Nova de Lisboa
Ocupação curador, crítico de arte, professora
Empregador Centro de Arte Contemporânea Inhotim, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Centro de Artes de Sines, Centro Internacional das Artes José de Guimarães

Marta Mestre (Beja, 1980) é uma curadora, editora, crítica de arte e docente portuguesa reconhecida por seu trabalho em instituições culturais, em Portugal e no Brasil, como Instituto Inhotim, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Centro de Artes de Sines (Portugal), Centro Internacional das Artes José de Guimarães.[1][2][3][4]

Índice

Percurso


Mestre licenciou-se em História da Arte na Universidade Nova de Lisboa e fez o mestrado em Cultura e Comunicação na Université d'Avignon, tendo regressado a Portugal para dirigir a programação do Centro de Artes de Sines, onde fez a programação de artes visuais, artes de palco e foi curadora de exposições entre 2005 e 2008. Em 2010, no âmbito do programa Inov-Art mudou-se para o Brasil, onde atuou como curadora assistente no MAM-Rio até 2015.[5][6][7][8][9][10][11]

Entre 2010 e 2012 participou no projecto editorial Ymago, responsável pela edição portuguesa de autores como Jacques Rancière, Aby Warburg e Hans Belting.[12]

Foi membro do Comitê de Indicação PIPA 2015, 2017 e 2018.[13]

Entre 2016 e 2017 passou a integrar a equipa de curadores do Instituto Inhotim - composta, na altura, pelo norte-americano Allan Schwartzman e pelo alemão Jochen Volz. O Instituto está localizado em Minas Gerais, no Brasil e é considerado o maior centro de arte contemporânea ao ar livre da América Latina.[14][15]

Em 2016 foi curadora-convidada e professora da Escola de Artes Visuais Parque Lage, no Rio de Janeiro, Brasil.[16]

Em Setembro de 2020 tornou-se curadora-geral do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), de Guimarães em Portugal.[17][18][19][20]

Obra


Exposições, algumas em colaboração

Publicações

Reconhecimentos e Prêmios


Referências


  1. «Marta Mestre: 'O Rio é um conjunto de coisas loucas'» . ionline. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  2. «Marta Mestre | BUALA» . www.buala.org. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  3. SAPO. «Marta Mestre» . SAPO 24. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  4. «Marta Mestre» . Prêmio PIPA. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  5. «Marta Mestre: 'O Rio é um conjunto de coisas loucas'» . ionline. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  6. Portugal, Rádio e Televisão de. «Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães» . Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  7. «Marta Mestre» . Prêmio PIPA. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  8. Salema, Isabel. «O deslocamento de Marta Mestre para Inhotim» . PÚBLICO. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  9. «Marta Mestre» . Fórum Permanente. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  10. «MARTA MESTRE - Entrevista | ARTECAPITAL.NET» . www.artecapital.net. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  11. Salema, Isabel. «O deslocamento de Marta Mestre para Inhotim» . PÚBLICO. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  12. «Marta Mestre» . Fórum Permanente. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  13. «Marta Mestre» . Prêmio PIPA. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  14. Salema, Isabel. «O deslocamento de Marta Mestre para Inhotim» . PÚBLICO. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  15. «Portuguesa Marta Mestre assume como curadora do Instituto Inhotim» . ArchDaily Brasil. 16 de março de 2016. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  16. Portugal, Rádio e Televisão de. «Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães» . Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  17. Portugal, Rádio e Televisão de. «Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães» . Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  18. «Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG em Guimarães» . 4 de setembro de 2020. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  19. Salema, Isabel. «Marta Mestre vai programar o centro de artes de Guimarães» . PÚBLICO. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  20. «Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães» . www.msn.com. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  21. a b c d e «Marta Mestre» . Fórum Permanente. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  22. Salema, Isabel. «O deslocamento de Marta Mestre para Inhotim» . PÚBLICO. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  23. «BNP - Bibliografia Nacional Portuguesa» . bibliografia.bnportugal.gov.pt. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  24. Portugal, Rádio e Televisão de. «Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães» . Historiadora de arte Marta Mestre é a nova curadora do CIAJG de Guimarães. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  25. «Participantes do Laboratório Curatorial relembram experiências e mostras apresentadas na SP-Arte - Editorial» . SP-Arte. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  26. «Prêmio CINAM (CINAM Grant)» . cimam.org. Consultado em 28 de setembro de 2020 


Ligações Externas











Categorias: Nascidos em 1980 | Curadores do Brasil | Curadores de Portugal | Críticos de arte | Museologia | Museólogos de Portugal | Mulheres | Artes plásticas




Data da informação: 18.12.2020 02:38:09 CET

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.