Negus - pt.LinkFang.org

Negus




Negus ( Ge'ez: ነጉሥ, nəgūś AFI: [nɨguːɬ]; amárico: nigūs; cf. tigrínia: ነጋሲ , negus) é um título real das Línguas semíticas etiópicas. Usado por um rei e às vezes por um governante vassalo no antigo Estado monárquico etíope, a antiga Abissínia. O termo é usado para traduzir a palavra "rei" em textos bíblicos e literários. É uma palavra derivada da antiga raiz semítica verbal ngś, que significa "reinar".

Conta a tradição etíope que, um milénio antes de Cristo, durante a permanência da rainha de Sabá em Jerusalém, esta tornou-se mulher do rei Salomão.

Ao retornar grávida para o seu país, teve um filho, chamado Menelik por alguns autores, e que foi educado em Sabá durante a infância. Na adolescência, o jovem teria sido enviado a Jerusalém quando foi consagrado no Templo judaico, recebendo o nome de seu avô Davi.

Quando ascendeu ao trono etíope teria introduzido a religião judaica no seu país.

Por isso, todos os soberanos da milenar Abissínia, desde a antiguidade, usavam o título de Negus, pretendendo descenderem do rei bíblico Salomão, e da lendária rainha de Sabá.

O soberano do império etíope usava o título de "negus neguest" (rei dos reis), com o significado de imperador.

O último Negus Neguest etíope teria sido Hailé Selassié, que reinou de 1930 a 1974.

Ver também


Referências


  1. História, Paulino (sexta-feira, 11 de maio de 2018). «Revisão de História: Etiópia ... O imperador Tewodros, ou Teodoro, II (1855-1868), restaurou o antigo império da Etiópia ...» . Revisão de História. Consultado em 27 de novembro de 2018  Verifique data em: |data= (ajuda)








Categorias: Política da Etiópia | Títulos de nobreza








Data da informação: 30.05.2020 03:59:27 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.