Complemento verbal


(Redirecionado de Objeto_indireto)

Os complementos verbais, ou objetos, completam o sentido dos verbos transitivos. Estes complementos podem ligar-se ao verbo através de uma preposição ou sem o auxílio dela.[1] Quando há necessidade de preposição, o complemento verbal é chamado de objeto indireto; quando ela não é necessária, o complemento verbal é chamado de objeto direto. Alguns verbos podem aceitar ao mesmo tempo um objeto direto e outro indireto. Em alguns casos, por questões de estilo, adiciona-se uma preposição ao objeto direto. Neste caso o objeto direto é dito preposicionado.

Índice

Exemplos


Direto


Objeto direto é o termo da oração que completa o sentido de um verbo transitivo direto.[2] O objeto direto liga-se ao verbo sem o auxílio de uma preposição. Indica o paciente, o alvo ou o elemento sobre o qual recai a ação.

Identificamos o objeto direto quando perguntamos ao verbo: "o quê": a resposta será o objeto direto.

Exemplos

Vós admirais os companheiros. -Perguntamos, Vós admirais o quê? A resposta é os companheiros, que é o objeto direto.
Nós amamos Julieta. -Perguntamos, Nós amamos quem? A resposta é Julieta, que é o objeto direto da oração.
Maria vendia doces. -Perguntamos, Maria vendia o que? A resposta é doces, que é o objeto direto.
Ivano ama Hortênsia. -Perguntamos, Ivano ama quem? A resposta é Hortênsia, que é o objeto direto.
Jonas ama Ana. - Perguntamos, Jonas ama quem? A resposta é Ana que é objeto direto.

Direto preposicionado


Há casos, no entanto, que um verbo transitivo direto aparece seguido de preposição, que, por sua vez, precede o objeto direto. Nesses casos temos o chamado objeto direto preposicionado.

O objeto direto é obrigatoriamente preposicionado quando expresso:

O objeto direto preposicionado também ocorre principalmente:

Ex: a) Não amo a ninguém, Pedro (C. dos Anjos, M, 196). b) Só não amava a Jorge como amava ao filho (J. Paço d'Arcos, LT,156).

Indireto


O objeto indireto é o termo da oração que completa um verbo transitivo indireto,[2] sendo obrigatoriamente precedido de preposição.

Identificamos o Objeto indireto, quando perguntamos ao verbo: quaisquer perguntas sem ser o quê. A resposta será o objeto indireto.

Indireto reflexivo

O objeto indireto reflexivo é o objeto indireto que indica a reflexão da ação do sujeito.

Exemplo:

Exemplos

Referências


  1. Ana Paula de Araújo. «Complemento Verbal» . InfoEscola. Consultado em 14 de junho de 2013 
  2. a b Sabrina Vilarinho. «Complementos verbais» . Brasil Escola. Consultado em 14 de junho de 2013 

Ver também


O wikilivro Português tem uma página sobre Complemento verbal









Categorias: Sintaxe




Data da informação: 24.09.2021 02:09:42 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.