Ponte da baía de Hancheu - pt.LinkFang.org

Ponte da baía de Hancheu




Ponte da baía de Hancheu
Ponte
Arquitetura e construção
Início da construção 8 de junho de 2003
Término da construção 26 de junho de 2007
Data de abertura 1 de maio de 2008
Dimensões
Comprimento total 36.000 metros
Pedágio Sim
Geografia
Via 6 vias
Cruza Baía de Hancheu
Localização Jiaxing / Cixi, China
Coordenadas 30° 27′ N, 121° 08′ L

A ponte da baía de Hancheu[1] (杭州湾大桥, em chinês simplificado; 杭州灣大橋, em chinês tradicional; Hángzhōu Wān Dàqiáo, em pinyin) é uma ponte rodoviária com uma porção de ponte estaiada que atravessa a baía de Hancheu, na costa leste da China. Atualmente é considerada a 4ª maior ponte marítima do mundo, com 36.000 metros de comprimento.[2]

A ponte conecta dois importantes centros econômicos da China: Xangai e Ningbo, na província de Zhejiang (Chequião). Ela reduzirá em 120 km a distância entre as duas cidades, bem como o tempo de viagem de carro, que cairá de quatro para duas horas.[3] Foi aberta ao tráfego no dia 1 de maio de 2008.[4]

O custo total do investimento foi de 11.800 milhões de yuans (U$$ 2.800 milhões, ou 1090 milhões de euros). Na classificação mundial de comprimento, a ponte da Baía de Hancheu está em quarto lugar, precedida pela Ponte Qingdao Haiwan, com 42.500 metros, e pela ponte de Lake Pontchartrain Causeway, com 38.422 metros.

A ponte sofreu diversos estudos de viabilidade e foi finalmente aprovado em 2003. O plano original era para a ponte começar de Jinshan, um subúrbio de Xangai. Depois foram levantadas objecções pelo Governo Municipal de Xangai, no entanto, foi deslocado para o território sul da Província de Zhejiang. Ela corta a distância a partir de Xangai até Ningbo. Considerando que anteriormente a viagem de Ningbo e Xangai envolvia um desvio de aproximadamente 400 km, a ponte que reduz a distância para 80 km, uma redução de 320 km. O resultado é que Ningbo, com o seu porto em Beilun, será capaz de competir com Xangai Pudong do porto de frete marítimo internacional.

Ver também


Referências


  1. Correia, Paulo (Primavera de 2019). «Duxambé, Chechénia e os estados Xã e Chim» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 59): 5-14. ISSN 1830-7809 . Consultado em 8 de julho de 2019 
  2. China inaugura maior ponte marítima do mundo
  3. Zero Hora, 1 de maio de 2008
  4. "China inaugura ponte 'gigante' de 36 quilômetros" O Estado de S. Paulo (jornal) 1 de maio de 2008 - Caderno Geral

Ligações externas


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ponte da Baía de Hangzhou
Este artigo sobre uma ponte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .








Categorias: Pontes estaiadas da China | Construções de Zhejiang








Data da informação: 30.05.2020 06:25:26 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.