Raymond E. Brown


Raymond Edward Brown SS (22 de Maio de 1928 - 8 de Agosto de 1998) foi um padre católico americano, membro dos Padres Sulpicianos e um proeminente estudioso bíblico. Ele era considerado como um especialista em relação à hipotética "comunidade Johannine", que ele especulou ter contribuído para a autoria do Evangelho de João, e também escreveu estudos influentes sobre o nascimento e morte de Jesus. Brown foi professor emérito no Union Theological Seminary (UTS) em Nova Iorque, onde ensinou durante 29 anos. Ele foi o primeiro professor católico a ganhar posse lá, onde ganhou uma reputação como professor superior.[1][2]

Referências


  1. «Raymond Edward Brown» . Encyclopædia Britannica (em inglês). Consultado em 11 de Novembro de 2020 
  2. Niebuhr, Gustav. «Raymond E. Brown, 70, Dies; A Leading Biblical Scholar» . The New York Times (em inglês). Consultado em 11 de Novembro de 2020 









Categorias: Padres católicos dos Estados Unidos




Data da informação: 14.09.2021 03:14:25 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.