Reduplicação - pt.LinkFang.org

Reduplicação




Reduplicação em linguística é um processo morfológico pelo qual o radical de uma palavra (ou parte dela) é repetida de forma exata ou com pequena modificação.

Reduplicação é usada como uma flexão para indicar uma função gramatical, tais como pluralidade, intensidade, etc, em derivação de léxicos para criar novas palavras. É com frequência usada quando quem fala usa um tom mais expressivo ou figurativo do que numa conversação normal, também quando se trata de algo icônico em seu significado. A reduplicação é encontrada em diversas línguas e grupos linguísticos, com seu nível de produtividade linguística variando em cada caso.

Reduplicação é a denominação padrão desse fenômeno na literatura linguística, havendo porém outros termos que podem ser usados, tais como, clonagem, duplicação, repetição e tautônimo.

Índice

Tipologia


Forma

A reduplicação é muitas vezes descrita fonologicamente em uma de duas maneiras: ou (1) como reduplicação de segmentos de sequências de consoantes e vogais ou (2) como reduplicação de unidades prosódicas (sílabas ou moras). Além de descrição fonológica, a reduplicação muitas vezes é descrita [[morfologia| morfologicamente ] como uma reduplicação de constituintes linguísticos (ou seja, palavras, raízes, bases ). Como resultado, a reduplicação é teoricamente interessante, uma vez que envolve a interface entre fonologia e morfologia .


A dita 'base' é a palavra (ou parte da palavra ) que está a ser copiada. O elemento reduplicado é chamado de 'reduplicante', muitas vezes abreviado como RED ou às vezes apenas ' 'R


Na reduplicação o reduplicante é mais frequentemente repetido apenas uma vez. No entanto, em alguns idiomas,essa reduplicação pode ocorrer mais de uma vez , resultando numa forma triplicada, e não um ' 'duplo' ' como na maioria das reduplicações.' ' 'Triplicação' é o termo para esse fenômeno de copiar duas vezes. A língua pingelapesa apresenta tanto reduplicação como triplicação .

Verbo básico Reduplicação Triplicação
kɔul  'cantar' kɔukɔul  'cantando' kɔukɔukɔul  'ainda cantando'
mejr  'dormir' mejmejr  'dormindo' mejmejmejr  'ainda dormindo'

(Rehg 1981)

Triplicação ocorre em outras línguas, Ex.: Ewe, Shipibo, Twi, Mokilês, Min Nan (Hokkien).

Por vezes, a geminação (duplicação de consoantes ou vogais) é considerada uma forma de reduplicação. O termo duplema tem sido usado (a partir de morfema) para se referir a diferentes tipos de reduplicações que tenham o mesmo significado.

Total e parcial

Total e parcial

Reduplicação totalenvolve a reduplicação da palavra completa. Por exemplo, a língua Kham deriva formas recíproca dos pronomes reflexivos por meio da reduplicação total:

    [ɡin] 'nós mesmos' [ɡinɡin] 'nos (p/) nós' (ɡin-ɡin)
    [jaː] 'eles mesmos' [jaːjaː] 'eles (para) lhes' (jaː-jaː) (Watters 2002)

Outro exemplo vem do Musqueamo Halkomelem (indígenas da Colúmbia Britânica) com formação "dispositional" do aspecto gramatical:

    [kʼʷə́ɬ] 'adernar' [kʼʷə́ɬkʼʷəɬ] 'como que adernando' (kʼʷə́ɬ-kʼʷəɬ)
    [qʷél] 'falar' [qʷélqʷel] 'loquaz' (qʷél-qʷel) (Shaw 2004)

Reduplicação parcial envolve somente parte da palavra. Por exemplo, a língua marshalesa forma palavras de significado 'usar X' reduplicando o último grupo consoante-vogal-consoante (CVC) da base: base+CVC:

    kagir 'cinto' kagirgir 'usar cinto' (kagir-gir)
    takin 'meias' takinkin 'usar meias' (takin-kin) (Moravsik 1978)

Outras línguas usam tanto a reduplicação total como a parcial – ex. língua hiri motu:

Verbo base Reduplicação total Reduplicação parcial
mahuta  'dormir' mahutamahuta  'dormir constantemente' mamahuta  'dormir (plural)'
  (mahuta-mahuta) (ma-mahuta)

Posição do reduplicante

Posição do reduplicante

A reduplicação pode ser com prefixo (inicial), sufixo (final) ou infixo (interna):

Inicial em Agta (povo Aeta) (prefixo CV):

    [ɸuɾab] 'à tarde' [ɸuɸuɾab] 'fim de tarde' (ɸu-ɸuɾab)
    [ŋaŋaj] 'muito tempo time' [ŋaŋaŋaj] 'muito tempo (anos)' (ŋa-ŋaŋaj) (Healey 1960)

Final em Dakota (sufixo -CCV):

    [hãska] 'alto (singular)' [hãskaska] 'alto (plural)' (hãska-ska)
    [waʃte] 'bom (singular)' [waʃteʃte] 'bom (plural)' (waʃte-ʃte) (Shaw 1980, Marantz 1982, Albright 2002)

Interna Samoano (infixo -CV- ):

    savali 'ele/ela caminha' (singular) savavali 'eles/elas caminham' (plural) (sa-va-vali)
    alofa 'ele/ela ama' (singular) alolofa 'eles/elas amam' (plural) (a-lo-lofa) (Moravcsik 1978, Broselow and McCarthy 1984)
    le tamaloa 'the man' (singular)[1] tamaloloa 'homens' (plural) (tama-lo-loa)

A reduplicação interna é muito menos comum do que inicial ou final.

Direções

Direções

O reduplicante pode copiar tanto pelo lado esquerdo da palavra (esquerda-para-direita) como pelo direito (direita para esquerda). Há uma tendência a prefixar os reduplicantes para cópia esquerda-para-direita e sufixar os reduplicantes para cópia esquerda-para-direita:

Cópia inicial ‘‘‘E → D’’’ em Oykangand (língua kunjen) (uma língua Pama–Nyungan da Austrália):

    [eder] [ededer] 'chuva' (ed-eder)
    [alɡal] [alɡalɡal] 'direto-reto' (alg-algal)

Cópia final D →RL em Sirionó:

    achisia achisiasia 'Eu corto' (achisia-sia)
    ñimbuchao ñimbuchaochao 'separar-se, afastar-set' (ñimbuchao-chao) (McCarthy and Prince 1996)

Cópia de outra direção é menos comum: em Tillamook:

    [ɡaɬ] 'olho' [ɬɡaɬ] 'olhos' (ɬ-ɡaɬ)
    [təq] ' quebrar' [qtəq] 'eles quebram' (q-təq) (Reichard 1959)

Cópia final ‘‘‘E → D’’’ em Chukoto:

    nute- 'terra' nutenut 'torre (abs. sg.)' (nute-nut)
    jilʔe- 'geomydae' (roedor) jilʔejil ' geomydae (abs. sg.)' (jilʔe-jil) (Marantz 1982)

A reduplicação interna pode também envolver a cópia do início ou do final da base. Em língua Quileute, a primeira consoante da base é copiada e inserida depois da primeira vogal da base. Internal ‘‘‘E → D’’’ copying in Quileute:

    [tsiko] 'ele colocou em cima' [tsitsko] 'ele quase sempre coloca em cima' (tsi-ts-ko)
    [tukoːjoʔ] 'neve' [tutkoːjoʔ] 'neve aqui e ali' (tu-t-ko:jo’) (Broselow and McCarthy 1984)

Em língua Temiar,a última consoante da raiz é copiada e inserida antes da consoante do meio da raiz.

Cópia interna ‘‘D → E’’’ em Temiar (língua Austro-asiática da Malásia):

    [sluh] 'atingido (perfeito)' [shluh] 'atingindo (continuativo)' (s-h-luh)
    [slɔɡ] 'casou (perfeito)' [sɡlɔɡ] 'casando (continuativo)' (s-ɡ-lɔɡ) (Broselow and McCarthy 1984, Walther 2000)

Um tipo raro de reduplicação ocorre na Semai (língua Austro-asiática da Malásia). “Reduplicação menor expressiva” formada com um reduplicante inicial que copia primeiro e o último segmento da base.

    [kʉːʔ] [kʔkʉːʔ] 'vomitar' (-kʉːʔ)
    [dŋɔh] [dhdŋɔh] 'parecer estar sempre concordando (gesto)' (dh-dŋɔh)
    [cruhaːw] [cwcruhaːw] 'chuva de monção' (cw-cruhaːw) (Diffloth 1973

Notas


  1. Pratt, George (1984) [1893]. A Grammar and Dictionary of the Samoan Language, with English and Samoan vocabulary 3rd and revised ed. Papakura, New Zealand: R. McMillan. ISBN 0-908712-09-X. Consultado em 8 de junho de 2010 

Bibliografia


Ligações externas










Categorias: Gramática | Morfologia linguística | Fonologia








Data da informação: 31.05.2020 02:29:19 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.