Silabário - pt.LinkFang.org

Silabário





Sistemas de escrita
História
Grafema
Lista de sistemas de escrita
Tipos
Alfabeto característico
Alfabeto
Abjad
Abugida
Silabário
Logossilabário
Logograma
Taquigrafia
Relacionados
Pictograma
Ideograma

Um silabário é um conjunto de símbolos de escrita que representam (ou aproximam) sílabas que compõem palavras. Um símbolo num silabário representa tipicamente um som consoante opcional seguido por um som vogal. Num silabário verdadeiro não existe nenhuma semelhança gráfica sistemática entre caracteres foneticamente relacionados (se bem que alguns possuam uma semelhança gráfica para as vogais). Isto é: os caracteres para "te", "ta" e "to" não têm uma semelhança que indique a sua t-ice. Isto é diferente de um abugida, em que cada grafema representa tipicamente uma sílaba, mas onde caracteres que representam sons relacionados são graficamente semelhantes (tipicamente, uma base consonântica comum é alterada de uma forma mais ou menos consistente para representar a vogal da sílaba).

Índice

Línguas


A língua japonesa usa dois silabários (chamados kana): hiragana e o katakana (desenvolvidos cerca do ano 700). São usados principalmente para transcrever foneticamente palavras e elementos gramaticais nativos expressados pelos kanji (ideogramas), bem como palavras importadas para as quais não existem ideogramas (por exemplo: hotel é ho-te-ru em japonês). Uma vez que a maior parte dos kana em japonês são do tipo CV (consonante + vogal), um silabário adequa-se bem à escrita da língua. Por vezes, no entanto, sugere-se que os kana deveriam ser chamados de escrita moraica e não silabários, visto que se baseiam em moras e não em sílabas. No entanto, na época em que os kana se desenvolveram, o japonês era ainda uma língua marcada por sílabas, e por isso o nome não é inteiramente inadequado.

A língua portuguesa, por outro lado, permite estruturas silábicas mais complexas, tornando problemático escrevê-la com um silabário. Para escrever português com um silabário, cada sílaba possível de uma palavra portuguesa teria de possuir um símbolo separado. Portanto, seria necessário ter símbolos separados para "ca", "ce", "cal", "cai", "can", "cen", "ci", "cin", "cau", etc.

Outras línguas que usam ou usaram escrita silábica são o grego micénico (Linear B) e línguas nativas americanas, tais como o cherokee. Várias línguas do Oriente Próximo antigo usavam o cuneiforme, que é um silabário com alguns elementos não-silábicos.

Outros exemplos de silabários são a Escrita etíope, usada para línguas como o amárico, o tigrínia, e os Silabários Aborígenes Canadianos, usados para algumas línguas algonquinas e algumas línguas esquimo-aleutianas.

Para a língua cantonesa utiliza-se em Macau um silabário codificado de romanização[1] com o objetivo de evitar disparidades na romanização dos nomes próprios escritos em caracteres chineses tradicionais.

Ver também


Ligações externas


Notas e referências










Categorias: Silabários | Sistemas de escrita








Data da informação: 30.05.2020 02:41:18 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.