Tema de Sebasteia - pt.LinkFang.org

Tema de Sebasteia




 Nota: Para Sebasteia, a capital do tema, veja Sivas.
Σεβαστείας θέμα
Tema de Sebasteia
Tema do(a) Império Bizantino
911-após 1071


Subdivisões do Império Bizantino na Anatólia em 950. O Tema de Sebasteia aparece em roxo claro à direita.
Capital Sebasteia
Líder estratego

Período Idade Média
911 Estabelecimento do tema
após 1071 Invasão pelos turcos seljúcidas

Tema de Sebasteia (em grego: θέμα Σεβαστείας) foi um tema (província civil-militar) bizantino localizado na região nordeste da Capadócia e da Armênia Menor. Foi criado como um tema em 911 e sobreviveu até ser conquistada pelos turcos seljúcidas após a derrota bizantina em Manziquerta em 1071.

História


O tema foi formado à volta da cidade de Sebasteia (atual Sivas), num território que havia sido parte do Tema Armeníaco a partir do século VII.[1] Não é mencionado em nenhuma fonte anterior ao século X.[2] Em 908, aparece pela primeira vez como uma clisura distinta e, por volta de 911, foi elevado à condição de tema,[3] abrangendo todo o território bizantino ao longo da seção central do Alto Eufrates, uma zona de fronteira.[1][4]

Com a expansão para Oriente, foi estendido para o sul e para o leste, englobando Melitene, Samósata e Tefrique, território equivalente, a grosso modo, com o das antigas províncias romanas de Armênia Prima, Armênia Secunda e Síria Eufratense. Após meados do século X, porém, esse território já havia sido muito reduzido com a criação de diversos temas pequenos.[1][4]

No século X, a região recebeu um grande influxo de armênios, que se tornaram majoritários. Após 1019-1021, Sebasteia e seu território foram dados como feudo a Senequerim-João em troca da cessão ao Império de seu Reino de Vaspuracânia. A partir de 1074, após a derrota bizantina na Batalha de Manziquerta frente os turcos seljúcidas, o território passou a ser governado de forma independente pelos Arcruni até eles também serem conquistados pelos turcos por volta de 1090.[1]

Referências


  1. a b c d Kazhdan 1991, p. 1861–1862.
  2. Pertusi 1952, p. 142.
  3. Nesbitt 2001, p. 128.
  4. a b Pertusi 1952, p. 142–143.

Bibliografia


  • Nesbitt, John W.; Oikonomides, Nicolas (2001). Catalogue of Byzantine Seals at Dumbarton Oaks and in the Fogg Museum of Art, Volume 4: The East (em inglês). Washington, Distrito de Colúmbia: Dumbarton Oaks Research Library and Collection. ISBN 0-88402-226-9 
  • Pertusi, A. (1952). Constantino Porfirogenito: De Thematibus (em italiano). Roma: Biblioteca Apostolica Vaticana 








Categorias: Estados e territórios fundados em 911 | Themata do Império Bizantino | Estados e territórios extintos na década de 1070








Data da informação: 30.05.2020 10:14:23 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-by-sa-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.