Trácia


 Nota: Para outros significados, veja Trácia (desambiguação).

A Trácia é uma região histórica do sudeste da Europa. Antiga região macedônia, era habitada por populações de raça pelásgica. Atualmente é dividida entre a Grécia, Turquia e a Bulgária. É banhada, a leste, pelo mar Negro e pelo estreito do Bósforo; ao sudeste, pelo mar de Mármara; e ao sul, pelo estreito do Dardanelos e pelo mar Egeu.

Índice

Fronteiras da Trácia


Na antiguidade helenística, teve por limites terrestres o rio Nestos (que deságua próximo à ilha egeia de Tasos) e as margens do Danúbio. Mais tarde, com o estabelecimento da província da Mésia Inferior pelos conquistadores Romanos, os limites setentrionais da Trácia foram recuados às montanhas do Haimos.

História


A Trácia foi um grande corredor natural para os povos Indo-Europeus que passavam em direção à Grécia (Aqueus, Jônios, Eólios e Dórios) ou à Anatólia (Hititas, Frígios, Celtas). Foi povoada pelos Trácios, que deram o nome ao país, e sofreu invasões pelos Citas. Os trácios segundo Heródoto são descritos como tendo uma população considerável, apenas comparada com a Índia na mesma época.[1]

Foi conquistada pelo general aquemênida Mardônio que a incorporou ao império de Dario I em 512 a.C.. Segundo Heródoto, a Trácia formou a satrapia III-B do Império Aquemênida, até ser abandonada pelos iranianos em meados do século V a.C.. Formou-se aí então um reino, no leste do país, o Reino Odrísio, sob os governos, consecutivos, de Hebrizelmis, Cótis I e Cersobleptes; este último tentou unificar todos os Trácios sob seu domínio, mas foi derrotado por Filipe II da Macedónia, que lhe conquistou o país.

Com a morte de Alexandre, o Grande (filho de Filipe II) em 323 a.C., a Trácia foi legada ao seu general Lisímaco após a partilha do Império Macedônico.

Tardiamente anexada ao Império Romano (no ano 43 a.C., isto é, quase duzentos anos após a conquista da vizinha Macedônia por Roma), a Província da Trácia acabou por tornar-se na região mais importante do império, em função da transferência da capital para Constantinopla. Nos estertores do Império do Oriente, o tardio Tema da Trácia era, além de alguns exclaves e ilhas, tudo o que restava do velho império.

Para os Otomanos, Trácia e Rumélia (nome relativo a Roma, isto é, ao Império do Oriente) eram topônimos que se confundiam. Da Rumélia Otomana também fazia parte a Macedônia.

A Trácia contemporânea


As fronteiras internacionais que actualmente cortam a Trácia foram definidas em 1923 pelo Tratado de Lausanne:

Istambul, antiga Constantinopla, sem dúvida, é a cidade mais importante da Trácia; foi capital do Império Romano, do Império do Oriente e do Império Otomano; e a cidade histórica de Edirne, antiga Adrianópolis, é outra importante cidade, tendo sido capital do Império Otomano entre 1365 e 1453.

Bibliografia


Ver também


Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .
  1. Herodotus, History, 2008, London: The Folio Society









Categorias: Trácia




Data da informação: 24.09.2021 12:54:45 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença: CC-BY-SA-3.0

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Observe: Como o conteúdo fornecido é retirado automaticamente da Wikipedia no momento especificado, uma verificação manual foi e não é possível. Portanto, o LinkFang.org não garante a precisão e a atualidade do conteúdo adquirido. Se houver uma informação incorreta no momento ou com uma exibição imprecisa, sinta-se à vontade para Contate-Nos: email.
Veja também: Cunho & Política de Privacidade.